Skip to content

Como escrever um PR para Mídia Social

20 de agosto de 2009

Na Era do CGM (Consumer Generated Media), é realmente muito difícil fazer com que uma comunidade web escute o que você tem para dizer sobre sua empresa. Hoje, em terra de internet, quem tem voz é o consumidor, e se você, enquanto pessoa jurídica, não adotar um estilo de conversação online amigável ao seu público, só restará a barra de rolagem para te ouvir.

Observe:

“A [Companhia] anuncia…” –> Discurso marketeiro, chato até quando vem em mídia offline.

“[Companhia]planeja…” –> Vá de retro, Spam! Blacklist nele!

“[Companhia] atinge lucro de…” –> Poxa, que bom. E o “Quico”? Irrelevante para mim enquanto consumidor.

Para resumir, um PR para Mídia Social falha na maioria das vezes porque:

– Não tem foco adequado;
– Tem discurso marketeiro (só nós sabemos a raiva que dá quando ouvimos tamanho impropério);
– Desconsidera a audiência, que nesse caso é altamente interativa.

Então como deve ser um PR para Mídias Sociais?

Nas minhas leituras diárias, achei dicas bem batutas, escritas por Muhammad Saleem.

1. Headline otimizado

Muhammad diz que existem três tipos de leitores, mas vamos focar naquilo que interessa: o leitor das mídias sociais. Geralmente, esse tipo de leitor não busca por algo específico; logo, precisa de um incentivo para clicar em algo. Para tanto, o título deve ser:

* Breve;
* Livre de palavras restritivas;
* Enfático.

2. A regra dos 10 segundos

Por causa de uma praga conhecida por “leitura diagonal”, você precisa escrever seu texto de forma que a mensagem principal seja captada em 10 segundos. Um leitor convencional lê aproximadamente 240 palavras/minuto, enquanto o leitor diagonal lê em média 900 palavras/minuto. Existem 5 áreas importantes em um artigo para segurar um leitor diagonal. São elas:

* O título
* O subtítulo
* Palavras em negrito, sublinhadas ou grifadas
* Fotos, tabelas, gráficos ou imagens de qualquer natureza;
* O resumo do artigo.

Explore estas áreas.

3. O lado sexy do conteúdo online: a formatação de texto

Ok. Já sabemos que o leitor de Mídias Sociais, além de interativo, lê em diagonal. E, para ele, aparência é tudo. O formato do seu texto será tão impactante quanto seu conteúdo.

* Escrever em CAPS LOCK reduz em até 13% a velocidade de leitura e é considerado agressivo, segundo a etiqueta online. Evite.
* A tipografia pode variar conforme o design do website, por exemplo, mas fontes com serifa caem bem no corpo do texto, enquanto fontes sem serifa restringem-se ao título e subtítulo.
* O tamanho da fonte fica entre 10 e 12, mas é importante deixar disponível um recurso para aumentar/diminuir o tamanho da letra, já que diferentes sistemas operacionais podem apresentar diferentes modos de exibição.

4. Seja breve!

É difícil cortar palavras e frases, pois queremos ter certeza de que comunicamos tudo o que pretendíamos.

* Corte palavras/sentenças supérfluas;
* Reestruture as sentenças: ao reordenar as sentenças. É possível combinar 2 frases em 1, eliminando as rebarbas.

5. Pessoas amam listas

Os leitores valorizam metodologias e passo-a-passo. Textos informativos apresentados em formato de lista são mais facilmente digeridos. Leitores de mídia social não gostam de perder tempo e apreciam saber logo de cara por que estão em determinada página.

That’s all, folks!

Fonte:
Marcela Daniotti – iMasters

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: